sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Como construir uma estrela de seis pontas. Polígono estrelado de seis pontas.

Veja como se faz para construir um polígono estrelado de seis pontas, mais conhecido como “a estrela de 6 pontas”.

Estrela de 6 pontas.
by Roberto M.
Outro dia, para um dos projetos de patchwork com seus alunos, minha esposa, que é professora de artes manuais, precisava recortar um pedaço de tecido no formato de uma estrela de seis pontas.
Para isso, ela precisava de um molde da dita cuja estrela.
Ela me perguntou como é que se desenhava uma estrela de seis pontas perfeita.

Descobri, então, que, às vezes, por incrível que pareça, existe a necessidade de se saber fazer, geometricamente, uma estrela de seis pontas.
Por isso, resolvi mostrar como é a construção geométrica de uma estrela de seis pontas.

Já vimos, em outros artigos, o conceito de poligonal e, também, a classificação e a nomenclatura dos polígonos.
Aprendemos a dividir uma circunferência em 3 partes iguais e a inscrever um triângulo regular nessa circunferência, bem como outras divisões da circunferência e seus respectivos polígonos regulares inscritos.

Quem quiser pode relembrar esses assuntos. É só acessar os links acima e/ou os links dos artigos recomendados ao final dessa postagem.
Hoje, vamos aprender a construir uma estrela de seis pontas.

Para isso, necessitaremos de papel, lápis, régua e compasso.
Primeiramente, devemos dividir uma circunferência em seis partes iguais para, depois, traçarmos as linhas que formarão a estrela.

Vamos ao passo a passo da construção geométrica de uma estrela de seis pontas:

Passo 1

Inicialmente, devemos traçar, no papel e com o compasso, uma circunferência do tamanho que desejamos a nossa estrela.

Circunferência para traçar a estrela de seis pontas

Passo 2

Com a régua, traçamos um diâmetro qualquer da circunferência e marcamos os pontos A e B.

Diâmetro da circunferência para inscrever um polígono estrelado de 6 pontas

Passo 3

Pegamos o compasso com o mesmo raio da circunferência traçada e, com centro no ponto A traçamos um arco que intersecte a circunferência nos pontos D e G.
Com centro em B, traçamos um arco que intersecte a circunferência nos pontos E e F.

Divisão da circunferência em 6 partes iguais para inscrição de um polígono estrelado de seis pontas

Passo 4

Os pontos A, D, F, B, E, e G dividem a circunferência em seis arcos iguais e, por isso, são, também, as pontas da nossa estrela.
Basta, agora, traçarmos os segmentos AF, FE, EA, DB, BG, GD que teremos inscrito na circunferência nosso polígono estrelado de 6 pontas.

Estrela de seis pontas. Construção geométrica

Artigos Recomentados:

Um comentário:

  1. Obrigada! Agora já posso fazer minha estrela de seis pontas!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...