Como consertar um cano de PVC marrom furado, utilizando luvas de correr - Só Faz Quem Sabe

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Como consertar um cano de PVC marrom furado, utilizando luvas de correr

A parede está úmida devido a um vazamento? Será que o cano de água furou? Não se desespere, consertar esse vazamento pode não ser tão difícil quanto você imagina. Siga o procedimento abaixo e faça o reparo.

Buraco feito na parede para alcançar o cano de PVC marrom a ser consertado
by Roberto M.
Se algum cano da tubulação de água fria, feita em PVC marrom,  furou e está molhando toda a sua parede, saiba que você mesmo pode fazer esse pequeno reparo. Trocar um pedaço de cano quebrado, utilizando luvas de correr, é muito prático e rápido.
Além do mais, você mesmo fazendo, a economia será grande.Siga os procedimentos abaixo e mãos à obra.
Sempre é bom lembrar que cobrir o piso com uma lona plástica, antes de iniciar os trabalhos, evita danos ao piso e facilita a remoção da sujeira posteriormente.

A – Ferramentas e Materiais necessários

A1 – Mini Arco de serra
Mini arco de Serra

A2 – Marreta e Talhadeira
Talhadeira e Marreta

A3 – Lixa d’água nº 100
Lixa d'água nº 100

A4 – Trena
Trena

A5 – Lápis
Lápis

A6 – Luvas de Correr ( 2 pçs)
Luva de correr

A7 – Pedaço de Cano de PVC 
Cano de PVC marrom

A8 – Pasta Lubrificante
Pasta lubrificante


B – Algumas Dicas Importantes antes de iniciar os trabalhos

B1 – A bitola das 2 luvas de correr e do pedaço de cano de PVC marrom deve ser de acordo com o diâmetro do cano que vai ser consertado.

B2 – Identifique bem o local do vazamento e marque a região que deverá ser quebrada.

B3 – Feche o registro geral que alimenta o ramal que vai ser consertado.

B4 – Com a talhadeira e a marreta, quebre cuidadosamente a parede até alcançar a tubulação e liberar o acesso ao ponto de vazamento.

B5 – Quebre apenas o suficiente para descobrir totalmente o cano quebrado em toda a sua volta e num comprimento um pouco maior que o comprimento de 2 luvas de correr.

B6 – Limpe bem a tubulação exposta para retirar todas as rebarbas de massa que eventualmente existam. Deixe o tubo bem lisinho antes de começar.

C – Consertando o tubo de PVC marrom furado

C1 – Marcando o cano furado da parede
Fazendo a marcação para cortar o cano furado da parede

Posicione as duas luvas de correr, uma sobre a outra, na frente do cano rachado da parede de modo que uma luva fique para cima do furo e a outra para baixo do furo. Utilizando o lápis, faça uma marcação no cano meio centímetro para cima e meio centímetro para baixo das extremidades das luvas de correr sobrepostas.

C2 – Cortando o cano estragado da parede.
Cortando o pedaço estragado do cano da parede

Utilizando-se do mini arco de serra, corte o cano furado da parede exatamente nas duas marcações feitas anteriormente com o lápis. Não jogue fora esse pedaço de cano retirado. Reserve-o pois ele será usado daqui a pouco para medir o novo cano de reparo.

C3 – Lixando as extremidades do cano da parede
Lixando as extremidades do cano da parede para tirar as rebarbas

Com a lixa d’água nº 100, lixe as extremidades do cano da parede para retirar eventuais rebarbas.

C4 – Cortando o cano de reparo
Cortando um pedaço de cano de PVC novo para reparar a tubulação

Com o cano de PVC marrom novo em mãos, corte um pedaço na medida exata da parte que foi retirada. Para isso, utilize o pedaço furado que foi retirado da parede, e que você não jogou fora, como gabarito.

C5 – Lixando o cano de reparo
Lixando as extremidades do cano de reparo

Com a lixa d’água nº 100 lixe as extremidades do cano de reparo para retirar as rebarbas.

C6 – Marcando novamente o cano da parede
Marcando novamente o cano da parede. Agora para limitar a luva de correr

Com a trena, meça a metade do comprimento de uma luva de correr. A partir de cada extremidade do cano da parede, transfira essa medida para ele, marcando com o lápis essa medida tanto na extremidade superior quanto na inferior.

C7 – Lubrificando o cano de reparo e as luvas de correr
Lubrificando o cano de reparo, o cano da parede e as borrachas das luvas de correr

Passe pasta lubrificante no cano da parede, no cano de reparo e na borracha das luvas de correr para facilitar o escorregamento e o encaixe das peças.

C8 – Encaixando as luvas de correr no cano de reparo
Encaixando as luvas de correr no cano de reparo

Encaixe as duas luvas de correr, uma em cada extremidade do cano de reparo e deslize-as para dentro.

C9 – Encaixando o cano de reparo na parede
Encaixando o cano de reparo na parede, no lugar do pedaço estragado retirado

Coloque o cano de reparo já com as luvas de correr no espaço do cano da parede e deslize as luvas, uma para cima e outra para baixo, encaixando-as nas extremidades do cano da parede e deslizando-as até alcançarem as marcações feitas em C6.

C10 – Finalizando o conserto
O reparo já está pronto, agora é só testar. Abra o registro geral para ver se não há vazamentos
Eu costumo deixar o buraco na parede aberto por mais ou menos uma semana e com a tubulação com carga. 

Se nenhuma umidade aparecer nesse tempo, podemos considerar que o reparo foi feito com sucesso. Então, pode-se tampar o buraco com argamassa e revestir novamente a parede. 
Veja a postagem “ Como fazer pequenos reparos em paredes de alvenaria” para ver como é que se faz o tamponamento do buraco com argamassa.

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...