Como fazer pequenos reparos em paredes de alvenaria - Só Faz Quem Sabe

terça-feira, 23 de abril de 2019

Como fazer pequenos reparos em paredes de alvenaria

Faça você mesmo pequenos reparos nas paredes de alvenaria da sua residência. Nesse artigo vamos tentar ajuda-lo na execução de pequenos consertos em paredes com fendas, rachaduras ou buracos.

Pai e filho estragando a parede ao colocar um quadro. Vão ter que fazer pequenos reparos na alvenaria
by Roberto M.
Às vezes, queremos pintar uma parede e nos deparamos com pequenas fendas, algumas rachaduras ou, até mesmo alguns buracos um pouco maiores.
Então, a fim de evitar o esfarelamento da parede e ao mesmo tempo deixar a superfície em condições para a pintura, são necessárias algumas correções.
Seguindo as orientações básicas que daremos a seguir, não será muito difícil você mesmo executar os consertos. Vamos, então, colocar mãos à obra.

Lembre-se que antes de iniciar os trabalhos, é sempre bom cobrir o chão com uma lona plástica para evitar danos ao piso e facilitar a remoção da sujeira posteriormente.

A – Ferramentas e Materiais necessários


A1 – Colher de pedreiro
Colher de pedreiro para aplicar a argamassa

A2 – Desempenadeira de madeira
Desempenadeira de madeira para nivelar a argamassa

A3 – Chave de fenda
Chave de fenda

A4 – Pincel
Pincel para limpeza dos resíduos

A5 – Espátula
Espátula para aplicação da massa corrida

A6 – Lixa para massa nº 100
Lixa para massa número 100 para dar o acabamento da massa corrida

A7 – Lona plástica
Lona Plástica para proteção do piso

A8 – Balde para preparo da argamassa
Balde para preparo da argamassa

A9 – Cimento, areia fina e água para argamassa
Cimento e areia para fazer a argamassa

A10 – Massa corrida PVA ou acrílica

Galão de massa corrido para acabamento dos remendos nas paredes


B – Algumas Dicas Importantes antes de iniciar os trabalhos

B1 – Argamassa é a mistura de cimento, areia e água. Para prepara-la, basta misturar, no balde, cimento, areia e água nas proporções ideais. Misture bem o cimento com a areia secos e depois misture a água até conseguir a consistência desejada.
A proporção que costumo usar para esse tipo de remendo, que fica com uma boa resistência e não costuma esfarelar, é: uma medida de cimento para três medidas de areia. A água tem que ser colocada aos poucos, o suficiente para deixar a massa pastosa e com boa trabalhabilidade.

B2 – A massa corrida já vem pronta para ser aplicada. Não é necessário nenhum preparo anterior. Para paredes internas usa-se a massa corrida PVA. Para paredes externas usa-se a massa corrida Acrílica, devido à sua resistência às intempéries climáticas.

C – Corrigindo pequenas fendas ou rachaduras

C1- Preparo da fenda ou rachadura

Passando a chave de fenda na rachadura para preparar o reparo da alvenaria

Inicialmente, passe uma chave de fenda na rachadura ou fenda, a fim de abri-la o suficiente para que você consiga aplicar massa corrida posteriormente. Deixe essa fenda ou rachadura com pelo menos meio centímetro de largura e meio centímetro de profundidade.
Em seguida, com um pincel seco, limpe bem o local para tirar toda a poeira solta.

C2 – Aplicação da massa corrida e lixamento da superfície

Aplicação da massa corrida e lixamento da superfície da fenda ou rachadura

Aplique a massa corrida com o auxílio de uma espátula. Deixe secar por aproximadamente 4 horas. Em seguida, lixe com uma lixa para massa nº 100 até regularizar a superfície. Retire o pó. A superfície está prontinha para ser pintada.


D – Corrigindo buracos um pouco maiores

D1 – Preparo do buraco

tirando o material solto do buraco para preparar o reparo da alvenaria

Nesse caso, você deve utilizar uma espátula para raspar o buraco até chegar na parte sólida da parede (tijolo, bloco, etc.). Em seguida limpe o buraco com um pincel seco para retirar o material solto e o pó.

D2 – Aplicação da argamassa e nivelamento da superfície


aplicação da argamassa e nivelamento da superfície com desempenadeira de madeira em movimentos circulares

Umedeça ligeiramente o local com água, aplique a argamassa com uma colher de pedreiro em pequenas camadas, deixando secar bem cada uma. Na última camada, nivele a argamassa aplicada com uma desempenadeira de madeira umedecida, em pequenos movimentos circulares.

D3 – Cura da argamassa e lixamento da argamassa seca

Deixe secar a argamassa com bastante ventilação e depois lixe com lixa para massa

Deixe secar bem a argamassa. O tempo normal para curar a argamassa de grandes superfícies é de 28 dias. Entretanto, para superfícies pequenas, 15 dias já serão suficientes, desde que a ventilação do ambiente e as condições do tempo sejam boas.
Após a secagem da argamassa, lixe a superfície com uma lixa para massa.

D4 – Aplicação da massa corrida e lixamento da superfície

Aplicação da massa corrida sobre a argamassa seca. Lixamento da massa corrida quando esta estiver seca.

Aplique a massa corrida com o auxílio de uma espátula. Deixe secar por aproximadamente 4 horas. Em seguida, lixe com uma lixa para massa nº 100 até regularizar a superfície. Retire o pó. A superfície está prontinha para ser pintada.

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...