Como consertar um vazamento de uma bacia sanitária com caixa acoplada. - Só Faz Quem Sabe

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Como consertar um vazamento de uma bacia sanitária com caixa acoplada.

O desperdício de água com vazamentos em bacias sanitárias é muito comum. Neste artigo, veja umas dicas básicas e um passo-a-passo para sanar a maioria dos vazamentos que acontecem nas caixas de descarga acopladas.

Caixa acoplada de uma bacia sanitária. Eliminando vazamentos.
by Roberto M.
Outro dia mostramos, em outro artigo, como detectar vazamentos nas bacias sanitárias em geral.
Já vimos, também, como consertar e trocar reparos de uma válvula de descarga de uma bacia sanitária.
Hoje vamos falar sobre como parar vazamentos em bacias sanitárias com caixas de descarga acopladas.
Consertar a caixa acoplada de um vaso sanitário é muito mais fácil do que você imagina. Vamos mostrar como identificar e resolver o problema.

Não se deixe intimidar. As correções são simples, mesmo que você não tenha nenhuma experiência em encanamentos. Pare de desperdiçar água e vamos consertar esse vazamento.
Os mistérios de um vazamento em um vaso sanitário pode deixa-lo maluco. Não importa se você ouve a água correr constantemente ou se o corrimento vem e vai ciclicamente.

Vamos ajuda-lo a decifrar as pistas para que possa parar a maioria dos vazamentos.
Lojas de ferragens ou de materiais de construção, normalmente, têm todas as peças necessárias para os reparos.
Veja abaixo um esquema dos componentes existentes dentro de uma caixa acoplada de descarga.

Esquema dos componentes de uma caixa acoplada de vaso sanitário.

TESTANDO E SUBSTITUINDO A COMPORTA (FLAPPER)

Uma das principais causas de uma bacia sanitária vazando é uma comporta ou flapper da caixa de descarga que não veda corretamente.
Se a água da caixa de descarga infiltra-se ao redor do flapper e penetra no vaso sanitário, essa palheta de borracha, provavelmente, está muito usada, desgastada e arruinada.

Um teste para detecção de um obturador (flapper) avariado é mostrado a seguir:
Quando você ouvir algum vazamento, abra a caixa de descarga e, utilizando uma vareta, force a palheta para baixo, pressionando-a contra as paredes em que se aloja. Preste atenção e escute se o vazamento cessa. Se ele parar, você já saberá que a comporta não está vedando corretamente. O negócio, então, é substituí-la.

Para substituir o flapper, primeiro feche o registro de alimentação da água que vai para a caixa de descarga.
Em seguida, acione o botão de descarga para drenar a água existente dentro da caixa e livrar a velha vedação.

Compre uma comporta nova, do mesmo tipo que a anterior, e instale-a de acordo com as instruções que vem junto com a embalagem do flapper novo.
Prenda a corrente do flapper no braço da alavanca que aciona o botão. Note que a corrente não deve ficar extremamente esticada. Ela deve ter uma folga quando a palheta estiver fechada.

VÁLVULA DE ALIMENTAÇÃO E BOIA

Se a palheta não vazar e a água ainda corre, inspecione o tubo de alimentação conectado ao tubo extravasor (ver foto acima). A ponta dele deve estar acima da linha d’água. Se estiver abaixo, corte-a para que fique acima. Em seguida, inspecione a válvula de alimentação para ver se ela tem sinais visíveis de desgaste e teste a boia.

Se o flutuador está mal ajustado, o nível de água do tanque pode elevar-se acima do tubo extravasor e este drenará a água constantemente.
Acione o botão de descarga e procure por eventuais vazamentos na válvula de enchimento.
Levante o braço da boia, durante o enchimento, para ver se a água para.

Dobre ou ajuste o braço da boia, para que a caixa pare de encher quando o nível da água alcançar cerca de 2 ou 3 cm abaixo da parte superior do tubo extravasor.
Se a válvula de alimentação nunca se fecha completamente, ou dificulta a operação do braço da boia, será necessário substituí-la.

REMOVENDO A VÁLVULA DE ABASTECIMENTO ANTIGA

Desligue o abastecimento de água, acione a descarga, e absorva o restante da água do tanque com uma esponja. Desconecte a linha de abastecimento, desapertando a porca de fixação da válvula de enchimento e levantando a válvula velha para cima.

Substituindo a válvula de alimentação de uma caixa acoplada de bacia sanitária.

INSTALANDO UMA NOVA VÁLVULA DE ABASTECIMENTO

Instale uma válvula nova e ajuste a boia, seguindo as instruções da embalagem, para estabelecer o nível de água adequado.
Conclua a instalação conectando a corrente do flapper à alavanca de descarga como descrito acima.
Ligue a água e teste o botão de descarga do vaso sanitário.

Artigos Recomendados:



15 comentários:

  1. gostei muito mesmo. irei experimentar o conserto . Darei notícias.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do seu site, uma inspiração, pois estou montando um blog para dar dicas de consertos e manutenção!
    https://comoconserto.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito legal, troquei a corrente da minha que havia rebentado e logo averiguei os parafusos que prendem a válvula a uma caixinha que não aparece aí no esquema. Creio que o sistema da minha é antigo e preciso aderir a peças novas. Obrigada pela ajuda!

    ResponderExcluir
  4. troquei o flapper mais ainda vaza

    ResponderExcluir
  5. Olá Amigo!
    Estou com um problema na caixa acoplada que não consigo resolver.
    No vaso escorre um fiozinho de água, mas já troquei o obturador (flapper).
    Então achei que era um problema com o cano do ladrão, e troquei também, completo.
    Mas continua vazando! Não mudou nada.
    O dono do vaso disse que eu fui a terceira pessoa a tentar mexer, e ninguém resolveu.
    Alguma idéia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez o problema esteja na base suporte do flapper.
      Às vezes, por ser antiga, ela fica com micro ranhuras que mesmo um flapper novo não consegue vedar.

      Excluir
  6. Boa noite, estou com uma duvida a respeito de bacia com caixa acoplada, quando retiramos uma do lugar de uso e encostamos no piso direto ela pode ficar vazando agua por baixo dela? Falo porque aconteceu comigo, não entendi porque saia tanta agua, inclusive a caixa acoplada que estava cheia no momento que a bacia foi retirada ficou quase vazia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei o que aconteceu, mas a caixa acoplada só vai esvaziar se o flapper se abrir e deixar passar a água, esteja a bacia onde estiver.

      Excluir
  7. As dicas parecem ser bem agregadoras, porém surgem nomes que não estão nas imagens e fica confuso, como por exemplo: palheta de borracha e flutuador.
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palheta de borracha é uma outra maneira de chamar o flapper (o obturador, a comporta).
      O flutuador nada mais do que a boia.

      Excluir
  8. Olá! Minha caixa tem dois parafusos que parecem ser para regular algo, esta correto? Qual a função de cada um? Troquei o obturador e resolveu o problema de vazamento, ocorre que agora a descarga parece ter ficado muito forte e quando aperto a alavanca de acionamento ocorre uma primeira descarga, começa a encher de agua a caixa e o vaso e ocorre uma nova descarga, o que poderia estar errado? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não conheço sua caixa acoplada, não consigo visualizar esses parafusos e não consigo saber para o que eles servem. Talvez para regular a altura da boia? Não sei.

      Excluir
  9. Tá acontecendo comigo minha bacia com caixa acoplada é nova e tá dando vazamento.
    Vou verificar a comporta de vedação amanhã com mais calma, ao que tudo indica e por ela que está vazando.

    ResponderExcluir
  10. Recebi 1 conta de agua de gastos de 300 mil litros de agua durante um mes. O apt estava fechado e o sindico diz que foi pq deixei torneira ligads ou um vaso sanitario com vazamento. Entramos no apt e nao detectamos nenhum vazamento. Fiz as contas e vi que se fosse a torneira pingando eu so gastaria uns 40 litros por dia, nao teria como gastar 300 mil litros de agua. Se fosse o sifao da descarga wie ficasse vazando como posso saber quantos litros isso daria de gastos em uns 30 dias? O banheiro tem descarga acoplada, e eles estao alegando que a faxineira teria deixado a valvula do vaso ou sifao do vaso vazando apos dar a descarga. Pra mim nada justifica o gasto de 300 mil litros de agua que o condominio esta me cobrando. Temos agua individualizada e sempre gasto de 3 A 15 Reais por mes, nunca mais do que isso, e meu consumo nunca passa de 3 a 5 m3 de agua, agora veio 300 mil litros de agua ou 300m3. O que justificaria esse gasto absurdo se ninguem estava morando no imovel e so a faxineira fez limpeza? O problema ocorreu entre o dia 22 de Julho e 25 de Agosto de 2017 e so fiquei sabendo hoje. A empresa de medicao de agua avisou o predio, mas o sindico nao disse nada. A agua parou de vazar milagrosamente mas se tivesse continuado eu estaria pagando uma conta de 300 mil litros por mes por varios meses a frente sem estar morando no imovel pq so recebi a conta no boleto de condominio na segunda feira referente a esse suposto vazamento de agua ocorrido em Julho. Nunca tive problema similar e agora estou desesperada com a conta e o sindico nao quer nem saber. Que eu pague. Olhei na internet e vi que 300 mil litros de agua seriam o equivalente a 60 caixas de agua de 5 mil litros. Eu teria que ter desperdicado 2 caixa de 5 mil litros por dia pra justificar esse gasto. Isso e impossivel. Tamben notei que una torneira pingando gasta no maxiko 40 litros por dia, nao justificaria os 300 mil litros de agua, uma pessoa gasta 161 litros de agua por dia, o que nao justifica o gasto que estao me cobrando. Estou em panico, como justificar que bao fui avisada desse vazamento e como um imovel fechado teria esse gasto absurdo em 30 dias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para ter ideia disso tudo, vamos fazer umas contas:
      - 300 000 litros em um mês correspondem a 10 000 litros por dia (dividindo-se por 30 dias).
      - 10 000 litros por dia correspondem a 417 litros por hora (dividindo-se por 24 horas).
      - 417 litros por hora correspondem a 7 litros por minuto (dividindo-se por 60 minutos).

      Uma torneira aberta ou a alimentação de uma caixa acoplada tem aproximadamente a vazão de 6 ou 7 litros por minuto.

      Se o retentor da caixa acoplada ficou aberto, e vazando, por 30 dias, é bem possível que tenha gasto 7 litros por minuto e, portanto, 300 000 litros no mês.

      Como a água parou de vazar milagrosamente ou como você poderá provar que a água não vazou eu, infelizmente, não sei te dizer mas, que é bem possível que uma simples torneira aberta ou a alimentação de uma caixa acoplada dê o consumo de 7 litros por minuto é um fato. Se isso for contínuo por 30 dias, os 300 metros cúbicos chegarão facilmente.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...