terça-feira, 24 de setembro de 2013

Válvula de descarga. Como consertar e trocar o reparo.

Aprenda a consertar uma válvula de descarga. Apesar de existirem vários modelos, a sequência e o modo de execução da troca dos reparos são semelhantes para todas eles.

Válvulas de descarga e seus reparos e guarnições
by Roberto M.
As válvulas de descarga das bacias sanitárias que não são providas de caixas acopladas, normalmente, são colocadas nas paredes.
Você aperta um botão localizado, na parede, logo acima da bacia e a descarga é acionada.
As marcas mais conhecidas desse tipo de válvula são: Deca, Hidra e Docol. Existem vários modelos de válvulas, mesmo dentro de cada marca: modelos mais antigos, mais recentes, mais sofisticados, etc.

Entretanto, todos eles funcionam de maneira similar, variando apenas em pequenos detalhes das peças internas.
É normal que, depois de algum tempo de uso, essas válvulas comecem a dar problemas e haja a necessidade de repará-las.
E como saber se a válvula está necessitando de revisão?

QUANDO CONSERTAR UMA VÁLVULA DE DESCARGA

Há vários indícios que podem nos indicar a necessidade de reparo de uma válvula de descarga para que ela volte a ter funcionamento normal:

1 – A válvula simplesmente não funciona;
2 – Há água escorrendo pelo botão acionador;
3 – A válvula dispara e dá a impressão que só vai parar quando esgotar a caixa;
4 – Há sempre um pequeno vazamento escorrendo pelas paredes da bacia.

O conserto de uma válvula de descarga não é um negócio difícil de se executar. Qualquer pessoa pode fazer isso desde que saiba por onde e como começar.
A intensão desse artigo é dar uma noção de como encarar esse problema mesmo não sendo um “expert” em encanamentos.

Normalmente, esse conserto é feito com a simples troca de algumas pecinhas que se encontram no interior da válvula. Essas pecinhas são chamadas de “reparos”.
Cada modelo e/ou marca de válvula tem, no mercado, um “kit de reparos” que podemos adquirir a qualquer momento.

A primeira coisa que temos de fazer, é descobrir a marca e modelo de nossa válvula. Em seguida, devemos nos dirigir a uma loja de materiais hidráulicos e comprar um “kit de reparos” para essa válvula.
Uma maneira bastante precisa de se comprar o reparo correto, é levar o reparo antigo até à loja e comprar um igual. Como teremos, mesmo, de desmontar a válvula para trocar o reparo, não custa nada desmontar antes de comprar.

MATERIAIS E FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA O CONSERTO DA VÁLVULA

- 1 chave de fenda;
- 1 alicate;
- 1 chave de grifo ou chave inglesa ajustável;
- 1 chave de boca ou sextavada;
- 1 lixa d’água;
- 1 jogo de reparos específico para o modelo de válvula a ser consertado.

COMO CONSERTAR A VÁLVULA DE DESCARGA

Seja lá qual for o modelo ou a marca da válvula, o procedimento e a sequência para o conserto serão semelhantes. De qualquer maneira, sempre haverá uma “bula”, dentro do kit de reparos, mostrando quais peças substituir e como substituí-las.

Reparos para válvulas de descarga

1 – Com o auxílio da chave de fenda, remova os parafusos que seguram a tampa cromada da válvula. Existem modelos antigos, em que a tampa sai removendo-se uma porca que envolve o botão de acionamento. Aí será necessário o uso de uma chave de boca ou inglesa para girar a porca no sentido anti-horário e retirá-la.

2 – Agora será necessário fechar o fluxo de água, girando-se a chavinha borboleta que se encontra na tampa frontal da válvula, Gire-a no sentido horário até fechar. Se a válvula for antiga e não possuir essa chave, será necessário fechar o registro geral que alimenta a descarga.

3 – Com a chave de grifo ou a chave inglesa ou, ainda, a chave de boca, remova agora a tampa frontal da válvula. Gire-a no sentido anti-horário.

4 – Após retirar a tampa, retire todo o conjunto interno existente no interior da válvula.

5 – Verifique a existência de ferrugens ou incrustações no interior da válvula. Se necessário limpe o interior da mesma com o auxílio da lixa d’água.

6 – Substitua o conjunto interno antigo pelo novo conjunto de reparos que você comprou.

7 – O “kit de reparo” é composto por todas as peças necessárias, inclusive guarnições de borracha e molas. Certifique-se de ter substituído todas as guarnições e molas antigas, pelas novas. Não esqueça de substituir o retentor de borracha existente no furo central da tampa da válvula.

8 – Feche a válvula, colocando a tampa frontal novamente. Gire, agora, no sentido horário.

9 – Abra o registro borboleta girando-o no sentido anti-horário (ou se for o caso o registro geral).

10 – Faça o teste da válvula, regulando a vazão de água através do registro borboleta. Sentido horário fecha, sentido anti-horário abre.

VISUALIZANDO O CONSERTO DE UMA VÁLVULA DE DESCARGA

Para clarear toda essa explanação, vamos, agora, ver um vídeo que ilustra a dinâmica de execução da troca dos reparos de uma válvula de descarga. O vídeo em questão mostra o conserto de uma válvula Docol, mas, para as válvulas Hidra ou Deca, o processo é extremamente semelhante, basta comprar os reparos corretamente.


Artigos Recomendados:

4 comentários:

  1. Boa tarde.
    Segui todos os passos sem problemas.
    Acontece que, ao executar o passo 9, a água fica correndo dentro do vaso sem parar, mesmo com a mola ejetando a descarga para parar de correr água. A água só para quando fecho a borboleta novamente. O que devo fazer para cessar a vazão de água?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fábio,
      Talvez tenha faltado alguma borrachinha vedante em algum lugar.
      Sugiro fazer o processo todo novamente.
      Verifique se há alguma sujeira impedindo o deslocamento correto do conjunto.
      Limpe o corpo da válvula com vaselina líquida. Isso dará, até, uma certa lubrificação.
      Se o conjunto estiver deslisando corretamente e os reparos foram todos trocados e estão todos no lugar certo e da maneira certa, não há porque continuar vazando.

      Excluir
    2. Muito obrigado, Roberto, foi muito útil a sua ajuda!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...