Aprenda a fazer emendas em fios elétricos - Só Faz Quem Sabe

sábado, 1 de setembro de 2012

Aprenda a fazer emendas em fios elétricos

Como emendar corretamente os fios e cabos elétricos. Passo a passo de como fazer as emendas "rabo de porco"; "bifurcação ou derivação" e "western union".

Emendas em fios e cabos elétricos.
by Roberto M. 
Como emendar dois fios elétricos? Existem maneiras diferentes de emendar fios? Existe uma maneira correta de fazer a emenda?
Às vezes, nos deparamos com a necessidade de emendar dois fios de eletricidade e não sabemos como fazê-lo corretamente. Vamos então aprender a fazer isso.
Os fios irão juntar-se uns aos outros através de emendas que depois serão isoladas com fita isolante.

Há três tipos fundamentais de emendas que serão usadas de acordo com o tipo de serviço que iremos realizar:

- a emenda “rabo de porco” - é a mais comum nas instalações elétricas das residências, pois é o tipo que se usa quando se ligam dois fios nas caixas de ligação e nas caixas dos interruptores e tomadas.
- a emenda de “bifurcação ou derivação” – é usada quando se quer ligar dois fios que formam entre si um ângulo reto.
- a emenda “Western Union” – é a que deve ser feita quando queremos ligar um fio ao outro para torná-lo mais comprido.

Vamos agora ver passo a passo como se faz cada uma das emendas:

1 - Emenda “rabo de porco”

a) Retirar cuidadosamente aproximadamente cinco centímetros do revestimento isolador das extremidades dos dois fios que se quer emendar.
b) Raspar o fio com as costas de uma faca até que fique completamente limpo e brilhante.
c) Cruzar os dois fios de modo que o ponto de intersecção fique a 2,5 cm do revestimento isolador e formando entre si um ângulo de aproximadamente 60º.
Cruzando os dois fios para iniciar a emenda "rabo de porco"
Fig1

d) Torcer os fios para enrolá-los uniformemente, um em volta do outro, deixando cerca de 0,5 cm sem enrolar nas extremidades.
Torcendo os fios para realizar a emenda "rabo de porco"
Fig2

e) Cortar e acertar as extremidades com um alicate.
Acertando as extremidades e finalizando a emenda "rabo de porco"
Fig3

f) Cobrir a emenda com fita isolante, começando a aplicar em uma das extremidades e ir enrolando a fita em volta da emenda até que nenhum pedaço de metal do fio fique descoberto. Como regra, deve-se colocar tanto isolamento quanto o que foi retirado.

2 – Emenda de “bifurcação ou derivação”

a) Retirar cerca de 4 cm do isolamento do fio principal no local em que se quer a emenda.
b) Remover aproximadamente 8 cm do isolamento, na extremidade do segundo fio.
c) Colocar os dois fios formando um ângulo reto.
Posicionando os fios para realizar a emenda "bifurcação ou derivação"
Fig4

d) Enrolar o segundo fio em volta do fio principal, deixando as duas primeiras voltas mais abertas e as restantes mais unidas.
Enrolando o segundo fio no fio principal para concluir a emenda da derivação ou bifurcação".
Fig5

e) Cobrir a emenda com fita isolante, começando a enrolar a fita no segundo fio, cobri-lo totalmente, começar a cobrir um dos lados do fio principal, enrolar até chegar ao fio secundário, saltar sobre este e continuar a enrolar a fita do outro lado do fio principal. Tudo isso de uma vez só, sem cortar a fita.

3 – Emenda “Western Union”

a) Remover cerca de 10 cm do isolamento da ponta de cada fio.
b) Cruzar os dois fios de modo que o ponto de intersecção fique a 2,5 cm do revestimento isolador e formando entre si um ângulo de 90º.
Posicionando os fios para realizar a emenda "western union".
Fig6

c) Fazer a emenda de acordo com a figura abaixo, deixando duas voltas mais afastadas no centro e depois fazer as outras mais unidas de ambos os lados.
Enrolando os cabos para concluir a emenda "western union".
Fig7

d) Cobrir a emenda com fita isolante, começando a aplicar em um dos lados e ir enrolando a fita em volta até o outro lado, sem que nenhum pedaço de metal do fio fique à mostra.

Vale ressaltar que essas emendas são usadas tanto em circuitos de baixa como de alta voltagem e para qualquer tipo de condutor, tanto fios rígidos como cabos flexíveis.

Artigos Recomendados:

9 comentários:

  1. Concordo...é um maximo

    ResponderExcluir
  2. The post was really worth to read. Love the way you represented your post here with pictures.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado ao criador do Blog! Excelente trabalho
    A 2° e 3° emendas oferecem uma resistência mecânica bastante elevada, porém a primeira fica um pouco a desejar; pode ser útil em fiações que não sofram com estresse mecânico.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado, essas emendas funcionam em cabos flexiveis? ou apenas nos rigidos. Att

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...